Google+ Followers

sábado, 16 de junho de 2012

Amor Próprio


Se não fôssemos tão individualistas, se olhássemos mais para o horizonte do que para o próprio umbigo, se não cultivássemos demais o amor próprio em detrimento do próximo, se enxergássemos e admitíssemos que somos o próximo do nosso próximo e que esse nosso próximo é irmão nosso, ainda que de outras nações, de línguas, costumes e cores diferentes-porque, de resto somos todos da mesma raça...  A raça humana - única dentre os outros animais terrestres...  Agiríamos como os cupins que não perdem tempo em acusações ou cpi's e partem para a reconstrução do cupinzeiro, tão logo tenham sido desalojados do lar destruído.  Eles são pequenos em tamanho mas são gigantes em união, trabalho e cooperação.  Até quando seremos vergonhosamente superados pelos insetos??  Até quando veremos alguns comendo demais e muitos morrendo de fome, sede e moléstias?  É!  Ainda somos uma raça de víboras...            g         f          O