Google+ Followers

domingo, 31 de março de 2013

Quem Trabalha Merece Recompensa

Quando éramos pequenos e muito pobres, tínhamos muita raiva de alguns fazendeiros sovinas que só davam as mangas e as laranjas que caíssem do pé...  Agora, analizando Capim Guiné, uma música de Raul Seixas é que dá para ver que eles estavam com a razão.  Aqueles "sovinas" tinham que resguardar seus quintais, mas acima de tudo, estavam zelando pela nossa segurança.  Vai que algum moleque cai da árvore e o dono do pomar ainda tenha que arcar com despezas  médicas e outras amolações...  Niguém foi lá para ajudar em nada, agora vendo as frutas madurinhas, é fácil achar ajudantes para consumí-las...  Conheço um fato curioso com personagens de minha pequena cidade;  Eram amigos meus que tinham um tio rico e sempre que haviam frutas maduras, lá iam eles à fazenda com sacos enormes para buscar as laranjas docinhas.  E a fixação no objetivo era tão grande que o bom dia soava assim:  Laranja, Tio!!  O homem era um tanto nervoso e xingava que só vendo!  A resposta era imediata;  Seus desgraçados!  Tomam a bênção, me chamando de laranja, hein?  Que coisa feia!  Parece que estão morrendo de fome, seus desgraçados?!  Vão lá!  Encham seus sacos!  Depois a gente conversa...   E resmungava de novo;  Seus desgraçados!...     t    f    o    g   

quinta-feira, 28 de março de 2013

O Cascalho e o Diamante

As pessoas, na luta diária pela sobrevivência são comparáveis a pedras rolando montanha abaixo. Aos trancos e barrancos, batendo aqui e ali vão sendo lapidadas, desgastadas e moldadas. Algumas chegam a ficar lisinhas e podem até brilhar. Outras, porém, racham ao meio e ainda outras desintegram-se totalmente... Mas nem por isso são menos importantes. Cada pedra tem a sua aplicabilidade específica. Resta-nos saber, qual delas será chamada "pedra angular" Mas a brita é tão importante quanto um bloco de algumas toneladas-porque o seu uso é vital onde é exigida e o bloco não caberia onde só ela deve preencher... Ninguém é mais do que ninguém! E ninguém deve se sentir menos que os outros por causa da profissão que exerce ou da classe social em que está inserido. A grama é tão necessária quanto o cedro. Se só houvesse árvores gigantes e nada de grama, só haveria alimento para os dinossauros, já que estes não conseguiam pastar a grama... Apiedar-se de si mesmo, nunca! Baixar a cabeça, jamais!... A vida é um eterno aprendizado e não se deve dizer; isso eu não sou capaz de fazer, sem ao menos tentar várias vezes. Ter fé em Deus sem acreditar no seu próprio potencial, é no mínimo... mentir para si mesmo.     g  f  o  t       

sábado, 23 de março de 2013

Fazer como se fosse para si mesmo

Quando o arquiteto elaborar um projeto como se estivesse a pintar a aquarela dos seus sonhos de criança e a ver as armações e as tubulações erguidas como a contemplar um raio x do seu próprio organismo, a usar o concreto, as ferragens, os cabos, os tubos e afins nas especificações exatas exigidas, quando o mestre-de-obra não aceitar gato por lebre, fiscalizando seus pedreiros nos menores detalhes e os pedreiros erguerem as colunas e paredes, como se fosse do templo sagrado de suas orações, incluindo-se aí, os serventes, encanadores, eletricistas, serralheiros, vidraceiros e por fim os decoradores e os marceneiros, tudo fazendo como se fosse para eles mesmos...  Quando todos esses trabalhadores da construção tiverem orgulho de olhar sua obra a ponto de desejarem ser donos de um desses apartamentos-estarão dando provas de profissionalismo cristão, porque nunca serão xingados e amaldiçoados pelo síndico ou pelos condôminos que terão paz e tranquilidade por décadas sem preocupações desnecessárias com reformas e mais reformas...    o  g  f  t    

Brincando de Deus

Não poupei despesas era a frase que o criador de jurassic park gostava de dizer aos visitantes locais... Ele brincava de Deus e estava convicto de que suas idéias e seus projetos eram absolutamente seguros. Mas ele se esqueceu de um pequeno detalhe; deu poderes demais a uma só pessoa, à qual não pagava um salário justo e este para se vingar de seu tio roubou parte de dna das criaturas recriadas no laboratório... Ao desligar o sistema operacional do parque,o malandro colocou tudo a perder, onclusive sua própria vida... Isto é para se pensar; Será que se aquele programador de computador recebesse salário compatível com a sua função, ele ainda assim teria roubado os segredos do projeto? "Não poupei despesas" perdeu o sentido nas petições desesperadas de aumento salarial feitas pelo gordinho que acabou partindo para a apelação... f g t O  

domingo, 10 de março de 2013

PoemasSom: Censurar, peneirar, coar e filtrar antes de usar

PoemasSom: Censurar, peneirar, coar e filtrar antes de usar: Nós gostamos de culpar os meios de comunicação, principalmente as telenovelas pelo modo de agir de nossas famílias, porque achamos que elas ...

Censurar, peneirar, coar e filtrar antes de usar

Nós gostamos de culpar os meios de comunicação, principalmente as telenovelas pelo modo de agir de nossas famílias, porque achamos que elas imitam o que veem e ouvem por aí... Observando os nossos quintais, vemos que eles estão repletos de insetos e ervas daninhas. Se não houver limpezas periódicas e dedetizações as nossas casas serão invadidas por pragas de todas as espécies... 
Os raizeiros e os fitoterapeutas, antes de se adentrarem nas matas à procura de plantas medicinais tomam todos os cuidados contra espinhos pontiagudos, répteis e insetos venenosos, mas não sem antes haverem estudado e pesquisado muito sobre botânica para não confundirem a planta boa com a erva má... Os programas de televisão estão abarrotados de filmes violentos e novelas que pregam o individualismo e o revanchismo. Cabe a cada chefe de família filtrar os programas menos agressivos para seus filhos. Não podemos culpar a mãe-natureza por abrigar em seu seio todo tipo de seres vivos que aos nossos olhos parece-nos desnecessários. Se bem que se um avião tiver que cair-é preferível que seja numa floresta, onde, sem dúvida haverá água, frutas, raízes e pequenos animais capazes de garantir aos sobreviventes algum alimento provisório... Temos que agir como um garimpeiro que revolve toneladas de cascalho e areia até encontrar o diamante dos sonhos... Temos que censurar tudo o que vemos e ouvimos; Coar, peneirar e filtrar antes de usar... Na internet é diferente? Claro que não!          f  O  g  t     

sábado, 9 de março de 2013

Seu pensamento rasteja ou voa?


A gente sempre diz que nossos pensamentos voam.  Resta-nos saber como é o voo desses nossos pensamentos.  São vagos e sem rumo? Será que não  são distorcidos e fragmentados? Será que são pensamentos elevados, construtivos ou nocivos à nossa própria saúde e à dos outros à nossa volta?
Se o seu pensamento voa como uma abelha, parabéns!  As abelhas procuram a doçura do mel das flores com seu suave perfume, orientam-se pelo colorido intenso e radiante de vida nos jardins e pomares para deles extraírem o néctar perfeito e saudável, tão cobiçado pelos seres humanos e muitos outros animais silvestres.  Mas há pensamentos que voam como as moscas...  Estão sempre migrando para acontecimentos desagradáveis.  O pensamento mosca gosta de pousar em locais doentios e lúgubres.  Pensamento mosca identifica-se com as notícias ruins de toda espécie.  Compraz-se em presenciar um acidente grave e levar a notícia adiante...  Tais pensamentos acabam por absorver e armazenar no íntimo, resquícios doentios que ficarão impregnados na memória, corroendo e contaminando a alma toda...  f  g  o  t         

sexta-feira, 8 de março de 2013

Aproveitar bem o tempo



Se o ontem é história, o hoje é realidade e o amanhã é um mistério, devemos entender que o melhor a fazer é viver intensamente o dia que começa e nos oferece todas as opções de grandes realizações com o trabalho digno, laborioso e metas a serem seguidas dentro de um minucioso planejamento para que esse tempo não se perca em divagações e tarefas mal-cumpridas...  Ganha-se tempo, não com a pressa, mas com agilidade e presteza no cumprimento das obrigações diárias.  Ser ágil é saber aproveitar cada minuto, cada segundo. Tempo perdido é como a palavra que sai e não volta jamais...  Não nos preocupemos com o ontem porque hoje podemos consertar tudo.  Se o amanhã é um mistério, pra que perder tempo em preocupações que ainda há tempo para os devidos reajustes e adaptações?  Até lá estaremos preparados para o que der e vier, bastando para isso não nos acomodar com o que teremos, fatalmente que enfrentar...       O   f   g   t  

quinta-feira, 7 de março de 2013

Homem que bate em mulher


O homem que bate em mulher merece apanhar da polícia para saber o gosto que tem ser subjugado e humilhado por alguém muito mais forte.  A mulher que aceita apanhar do marido deve ser muito burra ou morrer de paixão por esse troglodita temporão que já deveria ter sido extinto da face da terra há muitos séculos...  Esses "caras" ficam mansinhos como um cordeirinho na presença da "Maria da Penha" é só denunciar e aguardar o resultado...  Cabe aqui um caso verdade para exemplificar como se deve agir com maridos truculentos;  Uma senhora de olhos roxos e boca inchada pediu auxílio numa entidade religiosa, porque era  espancada toda vez que o machão chegava bêbado do botequim.  O conselho que ela recebeu foi este:  Quando ele for te bater, quebre-lhe um tamborete na cabeça-sem dó!...  Depois de uns dois meses, ao término da palestra, aquela mesma senhora veio agradecer pelo conselho recebido-dizendo:  Foi um santo remédio!!  A palestrante confusa perguntou:  Que remédio?  O tamborete!  Lembra?  O bebum só precisou de uma tamboretada!  Foi parar no pronto-socorro, mas aprendeu a lição...  Sabe a melhor?  Deixou até de beber...  O seu conselho foi divino!...  Muito obrigada!      f     g    t    O     

domingo, 3 de março de 2013

A Voz da Consciência

Perdido em divagações 
Vinham-me indagações
Do porque de estar na terra
O meu eu comigo em guerra
Sem trégua, descanso e paz
Tempos duros por demais
De grandes inquietações 
Suores e frustrações 
Que não quero lembrar mais.

Sem rumo e caminho certo
Vagueava num deserto
Tenebroso e escaldante
Sobressalto a todo instante
Sem porquê e sem razão
Mas não me sentia só
Tinha a atenção atraída 
Pra toda espécie de vida
A pulsar em derredor...

                                 Um consolo ia comigo
                                 Me acompanhava um amigo
                                 Anônimo,sem cara e nome
                                 Saciando a minha fome 
                                 De amizade e companhia
                                 Que comigo noite e dia
                                 Me escutava e respondia
                                 Dos meus anseios,temores
                                 E ao meu mundo coloria...

Eu me indagava; O que será
Essa voz que não se cala?
Ricocheteia e resvala
Alentando o coração?
Era a voz da consciência
A dar-me toda assistência
No decurso do meu dia
Proporcionando alegria
Aos caprichos da razão...
                      
                           g   f   t   O

     

sexta-feira, 1 de março de 2013

Extravagâncias


Antes de chamar o seu filho (a) de doido (a) reflita e pondere, pois a palavra dita ou a flecha lançada não voltam atrás... Antes de levar o seu filho (a) a um psicólogo ou psiquiatra, pergunte-se: Tenho ou não alguma culpa em tudo isso? Tenho sido um pai presente, um pai atuante, um companheiro fiel e amigo nos bons e maus momentos? Eu sou uma mãe educadora, uma mãe carinhosa ou uma mãe que só passa a "mãozinha na cabeça"? Filho estragado é difícil de ser consertado... Fazendo um bom exame de consciência é fácil descobrir o porque, a causa ou as causas do comportamento estranho de um filho (a). Quando o adolescente procura respostas às suas perguntas e aos  anseios mais íntimos no seio do lar e não é levado a sério-este achará na rua e no convívio com colegas, muito mais do que procura; Os vícios de toda espécie que degrada a alma e destroça o espírito humano, muitas vezes para sempre... Seja você mesmo (a) o psicólogo ou o psiquiatra do seu filho (a), dando-lhe apoio moral e religioso diuturnamente para evitar problemas futuros
que venham a destruir toda a família...     g   f   t   O