Google+ Followers

domingo, 26 de outubro de 2014

É PERIGOSO ARRISCAR-SE

"Antes de buscarmos o perigo, torna-se indispensável PREVÊ-LO e TEMÊ-LO;
Mas, quando estamos  metidos NELE, só nos resta desprezá-lo" 

                                   ( François Fénelon )

(1) Antes de uma ultrapassagem, por exemplo, temos que avaliar o tempo e a distância entre o nosso carro e o que vem ao nosso encontro. Vale lembrar que a faixa não pode ser contínua... Na dúvida, é melhor esperar o momento oportuno.
(2) Antes de subir num brinquedo de parque de diversões é bom observar a fiação elétrica, as condições de segurança e o estado de conservação dos mesmos; notando acúmulo de ferrugem em alguns pontos é melhor perder o ingresso do que se arriscar ao perigo.
A vida vale bem mais que uma simples diversão arriscada, na qual pode-se perder muito mais do que ganhar. 
Mesmo nos brinquedos mais seguros há riscos que podemos evitar.
E é bom lembrar que carro novo também bate, perde o freio, capota, derrapa engaveta na traseira de caminhões e tem matado milhares de pessoas impacientes e despreparadas para trafegar em rodovias... 
Antes de efetuar uma ultrapassagem-calcule bem o tempo, a distância, a potência do motor e sobretudo se a pista lhe dá condições para isso.         
   t     f     g     p