Google+ Followers

sábado, 30 de julho de 2011

OITO OU OITENTA



ANTIGAMENTE OS PAIS BATIAM DEMAIS NOS SEUS FILHOS A PONTO DE MACHUCÁ-LOS SERIAMENTE E TER QUE PASSAR ATÉ SAL NOS FERIMENTOS.  ERA UM VERDADEIRO ABSURDO UM CRIME MESMO.  A IGNORÂNCIA ERA MUITO GRANDE, SABEMOS DISSO.  A GENTE OBEDECIA POR RESPEITO OU POR MEDO...  VIERAM NOVAS LEIS E O MODO DE REPREENDER E EDUCAR SAIU DE UM EXTREMO E FOI PARAR NO OUTRO:  PROIBIU-SE ATÉ AS PALMADAS.  AGORA É A POLÍCIA PRENDENDO E OS ADVOGADOS SOLTANDO, AGENTES POLICIAIS SE MOSTRANDO E BANDIDOS ESCONDENDO A CARA, MOLEQUES SEM CORRIGENDA BATENDO NOS PAIS, NÃO PODEM SER PRESOS, MAS ROUBAM, MATAM E NÃO TÊM INTERESSE NENHUM NOS ESTUDOS.  É UM BARCO À DERIVA-SEM RUMO NA VIDA... NOSSOS LEGISLADORES DEVIAM USAR O MEIO TERMO E SAIR DOS EXTREMOS, PORQUE, COMO JÁ DIZIA O DITADO DA VOVÓ;  PÉS DE GALINHA NÃO MATAM PINTINHOS...
OS PAIS DEVEM EDUCAR SEUS FILHOS COMO NOS ENSINA O LIVRO DA VIDA*
TEREMOS QUE PRESTAR CONTAS A DEUS SOBRE COMO EDUCAMOS  NOSSOS FILHOS.