Google+ Followers

sábado, 2 de julho de 2011

SOBERANA NATUREZA


A NATUREZA CRIA, RECRIA, MOLDA, REJEITA E DESTRÓI O QUE FOI POR ELA ELABORADO PARA RECONSTRUIR OU REAPROVEITAR DE ACORDO COM AS CIRCUNSTÂNCIAS COM QUE SE APRESENTA A MATÉRIA NO MOMENTO DAS SUAS AÇÕES E INTERVENÇÕES.  ACHO FALSAS AS AFIRMAÇÕES CIENTÍFICAS DE QUE AS ESPÉCIES REALIZAM EM SI MESMOS MUTAÇÕES PARA ADAPTAREM-SE AO MEIO AMBIENTE E ASSIM SE PERPETUAR.  A CADA TEMPO, A SEU TEMPO E A SEU MODO A NATUREZA ENCARREGA-SE DE PROMOVER AS DEVIDAS MUDANÇAS NA SUA CRONOLOGIA, DEIXANDO PARA TRAZ AQUILO QUE NÃO FAZ MAIS PARTE DA PROGRAMAÇÃO, EXPURGANDO E REALOCANDO NOVOS ITENS NA FAUNA, NA FLORA E EM TODO O MEIO AMBIENTE.   É COMO SE UM ARTISTA PLÁSTICO, AO REPRODUZIR UMA ESCULTURA TIVESSE QUE REMODELÁ-LA ATÉ QUE FICASSE DE ACORDO COM A SUA VISÃO OU AO MENOS PARECESSE COM AQUILO QUE HAVIA SONHADO E OU PLANEJADO...  ESTOU COM LAVOISIER QUE DIZIA:  "NA NATUREZA NADA SE CRIA, NADA SE PERDE, TUDO SE TRANSFORMA"  PORTANTO ESTAMOS À SUA MERCÊ E NADA PODEMOS FAZER PARA SAIR DA SUA DEPENDÊNCIA...  SÓ NOS RESTA AMÁ-LA, RESPEITÁ-LA E DELA CUIDAR.