Google+ Followers

domingo, 18 de agosto de 2013

Juramento Esquecido

Não existe crime maior do que negar os direitos de um doente indefeso que pode viver ou morrer nas mãos de um sistema ou de uma equipe médica indiferentes à dor alheia...  Dá pena ver nos hospitais públicos corredores lotados de pacientes aguardando vagas que nunca aparecem.  Pacientes morrendo sem atendimento por falta de leito ou por falta de vontade de funcionários e médicos nas redes públicas de todo o país...  O doente é chutado de um hospital para outro como se fosse bola de futebol até que venha a óbito e aí ninguém assume a culpa...  A culpa acaba sendo do desgraçado que foi ficar doente sem ter condições de pagar um bom plano de saúde.  Azar o dele, não é?  Eta mundo cão, hein?  Será para que finalidade ainda existe o juramento de fidelidade e ética profissional na medicina brasileira?  Cadê a ética médica?  Foi passear na floresta?  Onde estão os médicos quando mais se precisam deles?  Será que eles tomam cafezinho e vão ao banheiro toda hora??  Será que o sofrimento alheio tem como pausar?  Se a dor do semelhante não pode ser sentida por quem pode decidir sobre a vida e a morte, só resta a esses coitados...  Serem "pacientes" e aguardar  que um milagre aconteça...  Mas a dor não nos tira a paciência?        t    o    f    g