Google+ Followers

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Senta e chora

Tem muita gente vagando, perambulando pela rua
 E a culpa é minha,
E a culpa é sua! Não é só minha, nem é só sua...
Não ensinei a trabalhar, passou a mão na cabecinha...
Não eduquei-cobra criei, não doutrinou-cobra criou... 
Cobra criou em píton se transformou... 
Estava certa a vovozinha quando disse:
Não mata pinto pé de galinha...
Estava certa a vovozinha...
Depois que engrossa o cipó ele faz troça, 
Faz troça, depois que o pepino engrossa... 
Quer meu conselho agora? 
Senta e chora!
Chora, chora, chora, chooora!...
    f     t    g     o    p