Google+ Followers

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

AMOR E PAIXÃO


O apaixonado age como um náufrago desorientado, debatendo-se em todas as direções ao sabor das correntezas que o arremessa de encontro aos rochedos, trucidando-o por completo... Mas aquele que verdadeiramente ama age com prudência por reconhecer os perigos a que se expõe... Procurando flutuar desvia-se dos obstáculos sem se afadigar nadando a favor do vento até atingir praias serenas e tranquilas. É esse o prêmio daquele que acredita na força do amor que mantém vivo o ser humano.  A paixão desenfreada é como um veículo descontrolado descendo a ribanceira com um bêbado ao volante... No amor as pessoas têm controle total de seus atos. Procuram dirigir suas emoções para o bem-estar de ambos. Sacrificam-se, um pelo outro se necessário for... Só faz ao outro o que gostaria que a si fosse feito.      g   t   f   p