Google+ Followers

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Amores Fracassados

A gente sempre dá uma de pescador na hora da conquista do ser amado. O pescador faz a ceva, joga engodo, trata bem o peixe para fisgá-lo depois.  E não é atoa que dizemos: Vou fisgar aquele peixe!  O que deve diferenciar-nos do pescador é o que vem depois da fisgada.  Pobre peixinho é jogado de qualquer maneira na canoa e em seguida descamado a torto e a direito...  Não  podemos fazer assim com a nossa cara-metade!  A ceva deve continuar em casa depois do peixe fisgado ou a pesca não valeu a pena.  Estaremos estragando o nosso peixe e por isso seremos por ele contaminados...  É por essa razão que os relacionamentos de hoje duram tão pouco.  É raríssimo ver um casal jovem se dando bem, pelo menos enquanto estão fazendo compras deixam bem visíveis as suas diferenças...  Estão juntos e separados ao  mesmo tempo.  Tem o peixe que conseguiu fisgar, mas não sabe temperá-lo,tosta-o em fogo alto sem aquele carinho de um bom cozinheiro e este se estraga por completo, indo parar na lata do lixo...        f         O          g