Google+ Followers

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Ação instintiva ou raciocinada?


Dizem que animais não pensam, mas na minha opinião até os insetos raciocinam e agem de maneira calculada.  Perseguindo um mosquito que não se cansava de me atormentar pude perceber o quanto ele é astuto e inteligente.  Parece até que ficava rindo na minha cara, esfregando as patinhas, estudava meus gestos e movimentos para esquivar-se na última fração de segundo...  E o pior de tudo é que ele sabia exatamente para que lado deveria fugir...  Se isso é coisa do instinto, então ele não precisa ser inteligente como os humanos, já que é bem mais esperto do que muita gente por aí...  E houve um fato curioso que deixou-me muito intrigado:  Um rapaz tomava sua cerveja, quando um desses mosquitos começou a lamber seu copo.  O moço disse que iria matá-lo para depois ressuscitar - não dei-lhe importância!  Com um sopro forte ele derrubou o inseto na bebida-coitado! Ele se debateu até morrer...  O bichinho ficou parecendo um carvãozinho - todo enrolado.  Depois de uns cinco minutos o rapaz derramou a cerveja na areia quente e disse para prestar atenção.  Dois minutos depois a mosquinha começou a se mexer e ainda meio tonta tratou de voar...  Ressurreição?  Acho que não!  Acho que é um recurso de defesa...         g     O       f