Google+ Followers

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Culpados e Inocentes

Certamente que ao depararmos com tamanha inundação de avenidas e ruas da nossa cidade como a que aconteceu ontem-véspera de Corpus Christi  por volta das dezesseis horas, estando nós à mercê da enxurrada e ao sabor do temporal implacável por horas à espera de um possível milagre para escaparmos com vida desse episódio terrível, que ficará gravado na nossa memória, quando fomos socorridos, sãos e salvos-fizemos um exame de consciência para determinarmos de quem é a culpa...  A sensatez e a coerência nos dirá que;  Todos nós somos culpados!  Nós que só apontamos as falhas na estrutura, mas jogamos lixo por onde passamos;  Nós que deixamos de pagar em dia os nossos impostos, nós que damos um jeitinho brasileiro de burlar a fiscalização ao edificarmos nossas casas, nós que só construímos pelo mínimo e nunca pelo máximo-porque achamos que temos domínio sobre a natureza, o que é estarmos mentindo para nós mesmos...  Olha só o que temos a coragem de fazer;  Se a cobertura de uma edificação pede 20% de inclinação-para ficar bonito mandamos fazer só com 10%, se a calha tem que ser de 30 cm de largura e 20 cm de altura-mandamos fazer com a metade para economizar material e sobrar dinheiro...  Se a tubulação de escoamento do sistema pluvial pede 02 saídas de 100 mm, mandamos colocar uma ou duas de 75 mm...  Economia é a base da porcaria-todo mundo sabe disso, mas continua fazendo.  Quando chega o temporal...  De quem é a culpa?   g   t  f  O