Google+ Followers

domingo, 12 de maio de 2013

Os blefes dos truqueiros

Todo mundo conhece as manias do jogo de truco e seus blefes.  Truqueiro bom é aquele que faz o adversário "correr" com o sete de copas na mão...  E entre uma jogada e outra tem sempre por perto "um sapo" que, de fora da rodada pode ver quem está roubando e quem realmente tem as cartas maiores. Debaixo de uma árvore frondosa a farra vai longe...  E é só passar pro ali uma mulher bonita e já começam os comentários mais ou menos assim;  Êh, trem bão, sô!  Inda sou bão nisso, cumpadi!...  O seu parceiro reponde;  Gosto muito mais de muié do que de sordado!...  Aí, cada qual conta mais vantagem do que o outro, dizendo que faz e acontece...  Mas o sapo, permanecendo calado é então questionado pelos jogadores;  E você, cumpadi?  Sê tá tão mal c'oas muié que prefere ficar de boa, caladinho aí no seu canto?
O sapo que não era bobo, nem nada resolve falar;   _ É que eu só me só me sinto super quando tomo chá da casca de um pé de pau parecido com este que tá dando sombra pra nóis, meus cumpadres!  Dizendo isso ele foi-se embora.  No outro dia ao passar por ali o sapo teve um acesso de riso.  É!  Meus cumpadres não estavam todos de zape na mão não, mas conseguiram matar a sete copas!  A pobre da árvore foi descascada de cima em baixo...
Estavam todos eles a fim de um chazinho afrodisíaco...     g   t   f   o