Google+ Followers

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Filho de peixe, peixinho é.


Gostamos de dizer que nossos filhos são os nossos herdeiros.  Herdeiros das nossas dívidas, herdeiros dos nossos bens, herdeiros das nossas qualidades e dos nossos defeitos também...  De fato!  O Júnior é a cara do pai!!  É o xerox!...  Poucos são os filhos que não "puxam" os seus pais...  Quando as manias dos pais não batem com os ideais de algum dos filhos, estes procuram um meio de fugir às tendências paternas que não se encaixam em seus planos.  Isto é louvável, pois se eu tivesse um pai beberrão e preguiçoso, é claro que não me causaria uma boa impressão e não haveria aí, uma convivência fácil...  Nesse caso o peixinho procuraria não tornar-se" peixe".  Os bons hábitos, o bom caráter, devem sim, ser assimilados, copiados e praticados pelo filho que tem orgulho do seu pai ou da sua mãe.  Mas pai é pai e mãe é mãe!  Honrar pai e mãe, independe de suas qualidades ou de seus defeitos-é mandamento sagrado de Deus e filho nenhum pode esquecer-se disso...  Odiar e desprezar pai ou mãe por causa de seus defeitos é demonstrar dureza de coração e falta de caridade.  Isso não traz felicidade a ninguém...     g   t    f    O